A BYD, empresa chinesa que atua na área de veículos, máquinas e equipamentos elétricos, além de pioneira em tecnologias de energia limpa, firmou aproximação estratégica com o Porto de Vitória. Na terça-feira (24), na sede da CODESA, o gerente de operações da BYD Brasil, João Paulo de Barros, se reuniu com o presidente Bruno Fardin e com a diretora de Planejamento e Desenvolvimento, Raquel Guimarães, para apresentar os projetos da empresa e tratar de demandas estratégicas. Toda logística da BYD, para entrada de veículos, máquinas e equipamentos elétricos no Brasil está concentrada no Espírito Santo e tem sua porta de entrada no Porto de Vitória.

A BYD chegou ao Brasil em 2015, quando inaugurou sua primeira fábrica de montagem de ônibus 100% elétricos, em Campinas (SP). Em 2017, abriu uma segunda fábrica, também em Campinas, para a produção de módulos fotovoltaicos. Para abastecer a frota de ônibus elétricos, a empresa iniciou, em 2020, a operação de sua terceira fábrica no Brasil, no Polo Industrial de Manaus (PIM), dedicada à produção de baterias de fosfato de ferro-lítio (LiFePO4). A empresa também é responsável por dois projetos de SkyRail (monotrilho) no país: Em Salvador, com o VLT do Subúrbio, e na cidade de São Paulo, com a Linha 17 – Ouro.

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria