Fala.BR
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Nesta quarta-feira (30), na B3, Bolsa de Valores de São Paulo, acontece o leilão de privatização da CODESA, primeira desestatização de Autoridade Portuária do país. Duas empresas apresentaram proposta para disputar o leilão: Vinci e Quadra. Quem arrematar irá assumir a concessão dos portos de Vitória e Barra do Riacho.

O leilão terá como critério o maior valor de outorga. O certame será realizado em sessão pública, por meio da apresentação de propostas econômicas em envelopes fechados, com previsão de ofertas de lances em viva voz. Será considerado vencedor o licitante que ofertar o maior ágio sobre a contribuição inicial mínima estabelecida.

O contrato prevê a concessão por 35 anos, podendo ser prorrogado por mais cinco, e investimentos de R$ 334,8 milhões na infraestrutura, além da possibilidade de exploração de novas áreas.

O objetivo é transferir para a iniciativa privada a gestão da infraestrutura e áreas públicas, trazendo melhorias operacionais e qualidade dos serviços prestados, além de mais agilidade e capacidade de investimentos.

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória