Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

A Companhia Docas do Espírito Santo (CODESA) conquista o 1º lugar na categoria Variação da Margem Ebitda, do Prêmio Portos + Brasil, promovido pelo Ministério de Infraestrutura (MInfra) e Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários. A empresa registrou uma variação na margem Ebitda de 11.059% em 2020, no comparativo com o ano anterior, confirmando o processo de recuperação da saúde financeira da companhia, que se encontra em curso.

O presidente da CODESA, Julio Castiglioni, participou do evento de premiação, na noite dessa quarta-feira (1º), em Brasília, quando recebeu o troféu das mãos do secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni. Esteve acompanhado do diretor de Planejamento e Desenvolvimento, Bruno Fardin.

Reconhecimento

Castiglioni se emocionou com o reconhecimento. Agradeceu à equipe do Ministério e, em especial, aos colaboradores da CODESA: “Em 2019, iniciamos um choque de gestão. Contratamos profissionais no mercado que se juntaram aos talentos já existentes na CODESA. Esse espírito de mudança transformou a cultura da empresa. Não tínhamos a pretensão de criar uma revolução, mas apostamos nos pequenos gestos, no bom senso e disciplina. O time CODESA compreendeu a filosofia e conquistou este reconhecimento que nos foi dado nesta solenidade. Estamos orgulhosos e dividindo esse momento com todos colaboradores. Uma competição completamente sadia, que já tem uma vencedora predefinida: a sociedade”.

Continua, dizendo: “Nos últimos meses, a Companhia tem registrado feitos históricos, superando expectativas. Conquistamos os melhores resultados nos últimos dez anos no quesito 'movimentação de cargas'; obtivemos liberação para manobras noturnas por grandes navios, controle de tráfego marítimo, portarias altamente tecnológicas. Estamos batendo recordes de prancha, redução no tempo de espera, para citar apenas resultados operacionais”, completa.  

Indicador

Mas, o que significa esse indicador de nome diferente? Ebitda, sigla em inglês para Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization, em tradução livre seria algo como ‘lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização’. Ele permite que a empresa conheça seu desempenho financeiro, com base somente na sua operação. Explicando de forma didática, é uma metodologia que mostra quanto a empresa está ganhando com a venda de seus produtos e serviços, sem considerar outros impactos financeiros.
 
Para os players do mercado financeiro é um índice importantíssimo, porque serve para analisar o resultado operacional de uma companhia ao longo do tempo. Além disso, o Ebitda facilita a comparação de resultados entre companhias, a partir da análise de balanços de contabilidade.

O prêmio conquistado pela CODESA, portanto, representa a quebra da tendência verificada nos últimos anos, em que a Companhia vinha registrando prejuízos e diminuindo a sua capacidade de geração de valor. A Companhia obteve, em 2020, o seu melhor resultado contábil da história, feito que contribuiu para a diminuição do prejuízo acumulado que, atualmente, está em torno de 140 milhões. A Empresa está em fase final de desestatização e o leilão para a sua alienação à iniciativa privada está prevista para ocorrer em janeiro de 2022.

Categoria

O Prêmio Portos + Brasil foi criado para estimular a busca, o crescimento e desenvolvimento da administração portuária pública e privada. A primeira edição foi no ano passado, quando avaliou a performance dos portos públicos em 2019. Este ano, a novidade foi a criação de categorias para os Terminais de Uso Privado (TUPs).

Foram concedidos três troféus para os melhores desempenhos nas seguintes categorias: Execução de investimentos planejados; Variação da margem Ebitda; Crescimento da movimentação (Autoridades Portuárias – Portos Organizados); Crescimento da movimentação TUPs (subdivididos em granel líquido, granel sólido agrícola e mineral, contêiner); e, Ranking do Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (IGAP).
 

Texto: Rose Duarte - jornalista, com a colaboração de Keth Fantin (estagiária)

Fotos: Géssica Silva (SCPAR) e Thiago Pereira de Sousa

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória