Está valendo, desde a última sexta-feira (28), a medida do Governo Federal que restringe o desembarque no Brasil de tripulação marítima estrangeira que atua a bordo de embarcações ou plataformas. A intenção da portaria é evitar a circulação de novas cepas da Covid-19 no país.

Em nota, a Casa Civil disse que atendeu pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). "A supressão do artigo não impactará as operações portuárias e marítimas de fluxos de importação e exportação no país, dado que as trocas de tripulações podem ocorrer naturalmente", afirmou a Casa Civil.

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria