Fala.BR
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

A CODESA, desde o registro do primeiro caso do novo Coronavírus (Covid-19) no Brasil, em fevereiro deste ano, tem trabalhado de forma contínua na prevenção de seus colaboradores, terceirizados e trabalhadores portuários em geral, de acordo com as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Com a evolução mundial do vírus do estágio de epidemia para pandemia, classificado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a CODESA intensificou seus trabalhos na prevenção. Segundo o coordenador de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho, Eduardo Barbosa, o Porto de Vitória conta com um estoque de 1200 máscaras e 200 óculos endereçados às equipes da guarda portuária e trabalhadores operacionais.

O Porto tem se preocupado com a aquisição e disponibilização de materiais de higiene, como álcool em gel e sabonete em vários pontos ao longo dos cais. Somado a isso, nas últimas semanas, a COMAST vem realizando reuniões sobre os cuidados para a prevenção do Covid-19.

Com estas ações marcadas para acontecerem até a próxima sexta-feira (21), a Coordenação de Meio Ambiente continuará realizando ações no que diz respeito a distribuições de luvas, máscaras sem filtros e aventais. Além disso, a Coordenação de Comunicação Social (COCECS) também está inserida nas reuniões de prevenção ao vírus e tem auxiliado à COMAST através da comunicação interna, produzindo cartazes e realizando as divulgações necessárias nas mídias sociais.

 

Por Eduardo Maia / Estagiário

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória