Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Encerrando a agenda de visita técnica aos portos do Paraná e Santa Catarina, Sul do Brasil, a comitiva da CODESA, formada pelo presidente Julio Castiglioni, o diretor de Planejamento e Desenvolvimento, Bruno Fardin, e coordenadora de Marketing e Desenvolvimento de Negócios, Raquel Guimarães, esteve no Porto de Itajaí e Portonave (SC), nessa quinta-feira (25). Na programação, conheceram a estrutura, o funcionamento e as melhores práticas adotadas.

No Porto de Itajaí, que tem o nome da cidade catarinense, a comitiva foi recebida pelo superintendente Fábio Veiga; diretor de Operações, Heder Cassiano Moritz e demais gestores. Durante reunião, além de demonstrarem dados e números do porto, foram debatidas as peculiaridades da gestão, que é delegada ao município. O porto faz parte do projeto Port Community System, capitaneado pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra).

Ainda na quinta-feira, a comitiva capixaba visitou o terminal de contêineres Portonave, localizado na margem da cidade de Navegantes. Os representantes da CODESA foram recebidos pelo superintendente Osmari Castillo e profissionais de comunicação. 

Conheceram os principais números atingidos pelo terminal, com destaque para o desempenho operacional, que faz uso de equipamentos de alta tecnologia. Além disso, a reunião serviu para a troca de impressões sobre o modelo de governança de portos e os desafios comuns do setor.

Sobre os portos

A Autoridade Portuária do Complexo Portuário de Itajaí foi delegada ao município em 1997. A gestão é exercida pela Superintendência do Porto de Itajaí, uma autarquia municipal criada em junho de 2000. O complexo abrange o Porto de Itajaí e demais terminais portuários instalados nas duas margens da Foz do Rio Itajaí. De um lado fica a cidade de Itajaí, com seu porto público, e do outro, a cidade de Navegantes, onde encontra-se o Terminal de Uso Privado (TUP) Portonave. Em ambos ao lados, há instalações de apoio logístico e completa infraestrutura para embarque e desembarques de cargas dry e reefer.

Cabe à Autoridade Portuária assegurar as condições operacionais e garantir a infraestrutura terrestre e aquaviária para os terminais que compõem o complexo. O Porto de Itajaí foi considerado Porto Organizado em 1966. É o maior porto exportador de frango do país. Já o Terminal Portonave iniciou suas operações em outubro de 2007, sendo o primeiro terminal privado de contêineres do país. A empresa atua no escoamento da produção das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e outros países da América do Sul.

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória