Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Caminhoneiros e portuários (incluindo trabalhadores da área administrativa) foram incluídos no grupo prioritário na campanha de vacinação do Ministério da Saúde contra a covid-19. Publicado nesta segunda-feira (18), o informe técnico do ministério considera os profissionais da área de transporte, prestadores de serviços essenciais para o desenvolvimento do país. Além das duas categorias citadas, entraram na lista: funcionários das companhias aéreas e de navegação, metroferroviários de passageiros e de cargas, e motoristas e cobradores de transporte rodoviário de passageiros urbano e de longo curso.

“Essa é uma grande notícia para nossos trabalhadores que continuaram, mesmo durante toda a pandemia, prestando um grande serviço ao nosso país. Esses profissionais terão o suporte do Governo Federal para garantir a vacinação como grupo prioritário e vamos garantir segurança e as condições que eles precisam para continuar nas estradas, portos e ferrovias”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Para se vacinar, os trabalhadores precisarão comprovar, por meio de documentação, que possuem vínculo ou fazem parte desses grupos. A logística e data para início desses grupos prioritários da vacinação está a cargo do Ministério da Saúde.

Coordenação de Comunicação da CODESA

 

Fonte: Assessoria Especial de Comunicação / Ministério da Infraestrutura

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória