Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Há exatos quatro meses, a CODESA vem atuando de forma efetiva na prevenção ao coronavírus entre seus empregados, colaboradores e trabalhadores portuários externos que acessam as áreas do cais. Hoje, novamente, mais um encontro presencial foi realizado, desta vez, no terraço do prédio onde funciona a Unidade de Administração e Negócios, na Enseada do Suá, em Vitória, com os participantes mantendo distância segurança uns dos outros e todos usando máscara, mesmo ao ar livre.

Foi uma convocação do Comitê de Prevenção e Mitigação à Covid-19 (CPM), da empresa, e do diretor de Administração e Finanças, Jean Duque, visando alinhamento de informações. Com o aumento do número de casos no estado e no país, as medidas estão sendo reforçadas, visando, especialmente, à conscientização dos colaboradores. “Cada um cuida de si e do outro”, recomenda o coordenador de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho e membro do Comitê da CODESA, Eduardo Barbosa.

Na avaliação do Comitê, que atua em consonância ao Plano de Contingência da companhia, as ações têm sido eficazes e os resultados superam as expectativas. São realizadas campanhas permanentes; desinfecção diária de espaços externos e internos; foram feitas duas campanhas internas, em quatro dias, de vacinação contra gripe; instalados lavatórios na faixa do cais, além de dispenser de álcool em gel - este também nos setores internos; e fornecidos EPIs para os empregados do Porto.

Protocolo médico

O diretor Jean Duque reforçou, dizendo que os colaboradores precisam se autoavaliarem quando não estiverem se sentindo bem. Se o trabalhador está indisposto, tem alguns sintomas de gripe ou algum mal estar, é necessário informar imediatamente ao gestor da área e procurar a Telemedicina, onde será feita a abordagem clínica. O médico ou médica que atender é quem vai definir o que fazer, conforme o protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde.

O encontro abordou as medidas que estão sendo reforçadas e esclareceu dúvidas. O CMP destacou a importância do envolvimento dos gestores na fiscalização dos hábitos de seus colaboradores, mas, também destacou a necessidade das chefias estarem atentas para orientar suas equipes, seja no comportamento durante o trabalho ou na orientação em relação ao protocolo de encaminhamento e atendimento médico. Lembramos que a empresa disponibiliza, desde março, um serviço de Telemedicina, 24h por dia, todos os dias da semana.

Cuidados pessoais

Também foram reforçadas as medidas simples, mas eficazes na prevenção. São elas:

  • lavar frequentemente as mãos com água e sabão; 
  • usar álcool em gel nas mãos, se estiver em áreas onde não foi possível instalar pias; 
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal; 
  • não compartilhar mesa, cadeira, computador, caneta, etc.;
  • em caso de dúvida, higienizar sua estação de trabalho antes de iniciar a jornada;
  • manter distância de 2m do colega.

Reforçamos que o uso da máscara é obrigatório em todas as dependências do Porto, conforme Decreto do Governo do Estado e Resolução da Diretoria Executiva da CODESA (DIREXE). Quaisquer dúvidas e/ou sugestão, o CPM e os gestores estão aptos a atender.

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória