Brasil
VLibras O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

os portuários e caminhoneiros terão prioridade na campanha de vacinação contra gripe em todo o país. O anúncio foi feito pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, nesta segunda-feira (30), durante coletiva de imprensa com ministros de Estado. Ao lado do ministro da Saúde, Luis Henrique Mandetta, Tarcísio Freitas garantiu que, assim que após o encerramento da agenda para idosos e profissionais de saúde, os caminhoneiros e portuários terão prioridade no cronograma do Ministério da Saúde.

"Esses profissionais terão esse suporte. Eles entram na prioridade assim que acabar a vacinação dos idosos e dos profissionais de saúde. Isso é muito importante porque vai garantir esse conforto a mais aos trabalhadores que estão prestando um grande serviço ao nosso país. É nosso dever garantir essas condições", afirmou o ministro Tarcísio.

Ele ainda reforçou a necessidade de ações preventivas de combate ao novo coronavírus para as duas categorias, que seguem operando em todo o Brasil. Também divulgou a campanha do Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), que está com 130 postos de atendimento a caminhoneiros em rodovias de todo o país com orientações e entrega de produtos de higiene e alimentação aos profissionais. O ministro afirma contar com esta mesma estrutura para auxiliar na oferta de vacinas aos profissionais do transporte rodoviário.

Já a logística para os portuários vai contar com o apoio dos portos e das companhias docas.

Fonte: Assessoria Especial e Comunicação do Ministério da Infraestrutura

 

Coordenação de Comunicação da CODESA

Galeria

VTMIS

Conheça o Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS)

Acesse agora
Video

Saiba mais sobre o Porto de Vitória